Sidebar Ads

Ads Here

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Guaruja Aperta Fiscalização em Estudios de Tatuagens

Desde o mês de Março de 2009, os estabelecimentos que oferecem a aplicação de piercings e tatuagens, em Guarujá , terão que passar por uma fiscalização obrigatória da Secretaria da Saúde de Guarujá, para poderem obter o alvará de funcionamento e deverão estar de acordo com a lei municipal nº 3.744, que instituiu o funcionamento e licenciamento de estabelecimentos do gênero no município.

Segundo o diretor de Vigilância à Saúde, Luiz Henrique, esse procedimento de regulamentação dos estúdios de tatuagens e piercing visam combater a contaminação dos clientes por doenças transmissíveis tais como a “Hepatites B e C .

Entre as normas a serem seguidas para os profissionais do setor estão:

  • cadastramento dos clientes que participam da realização da tatuagem ou piercing.
  • autorização dos pais reconhecida pelo cartório da Cidade, caso o paciente seja menor de idade.
  • uso de touca e avental de cor clara durante o procedimento,
  • peças de proteção individual como luvas e máscaras descartáveis.
  • Registro de Empresário, registrado na Junta Comercial ou em Cartório Civil das Pessoas Jurídicas;
  • Comprovante de inscrição como profissional autônomo.

A lei também poibe a existência de Estúdios em sótãos, porões de edificações ou ao ar livre.

Caso algum estabelecimento e encontre irregular durante a fiscalização, o o proprietário poderá receber multa, ou receber um prazo para se adequar às medidas impostas por lei.


Muito embora essa lei pareça meio antipática e burocrata , ela é essencial para proteger o maior bem, que é a saúde e a vida dos tatuados, e dos tatuadores. Com a profissionalização e a regulamentação dos estúdios de tatuagens, quem tem a ganhar são os amantes da dermopigmentação e dos piercings.

Exija material descartável, esterelizado, ambiente limpo e ventilado, e tatuador protegido com luvas e máscaras.
Peça as agulhas utilizadas na sua sessão e as leve para casa, jogando-as você mesmo no lixo. Mas não esqueça de embalar o material, a ser jogado fora, de forma a proteger o lixeiro de possíveis picadas e contaminações.

Seja consciente e conscientize.

Fonte: http://atribunadigital.globo.com/bn_conteudo.asp?cod=403987&opr=124

3 comentários:

  1. Gostaria de fazer um comentario, texto muito bem elaborado, mas sobre o ultimo paragrafo do texto:
    nao se leva agulha pra casa e se joga em lixo comum, ela deve ser descartada no proprio estudio, em um recipiente proprio para perfuro-cortantes, pois as agulhas sao afiadas, podendo romper qualquer tipo de embalagem. Outra questao seria, os de pequena responsabilidade e grande ousadia, começarem a se perfurar em casa sozinhos, trazendo danos e preocupaçoes a mais, fora infecços por materias nao estereis, e ja usados. Espero que me entenda, so estou fazendo minha parte, pois sou tatuador e piercer, que isto seria de serventia, a saude em primeiro lugar, grato.
    Robson Cruz

    ResponderExcluir
  2. Robson,
    perfeita a sua colocação como alerta. Não se pode esquecer os cuidados ao se descartar as agulhas.

    Deve-se tomar os mesmos cuidados que se toma ao descartar-se agulhas de injeções comuns que os consumidores compram em farmácias e drogarias.

    O certo seria que os estudos destruíssem as agulhas na frente dos clientes. Entendo que a maioria dos estúdios, os ditos sérios e com o selo da Anvisa, jamais reutilizariam as agulhas.

    ResponderExcluir
  3. Estou de acordo que as agulhas devem ser destruidas na frente do cliente, eu fasso isso mesmo pois assi tenho a sertesa que nunca mais sao otilisadas.

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem-vindo e esperado.
Lembre-se que comentários anônimos poderão ser moderados